Para que serve o cilindro de gás?

Pensar em insumos destinados para os setores medicinais e industriais requer mais do que focar na qualidade do material, mas também na maneira como eles serão armazenados. Nesses casos, o cilindro de gás surge como um grande aliado de donos e gestores, podendo ser solicitado para diversas aplicações.

Para que serve o produto? 

Como o próprio nome sugere, o produto refere-se a um tipo de recipiente utilizado para o armazenamento de gases. Devendo ser confeccionado com materiais de elevada qualidade, ele pode ser encontrado em diferentes especificações técnicas, que podem variar de capacidade até disposição. 

No mercado, o cilindro de gás pode ser destinado para diversas finalidades. Por exemplo, fábricas que atuam com empilhadeiras costumam utilizar o modelo de 20kg para armazenar o combustível que garantirá a movimentação do veículo. Enquanto isso, indústrias de bebidas, como a de Chopp, optam por modelos acoplados às máquinas de produção. 

Por mais importantes que sejam esses segmentos, a aplicação do produto no setor hospitalar costuma atrair mais olhares. Isso porque os insumos podem ser utilizados diretamente em processos hospitalares, abastecendo máquinas e ferramentas indispensáveis para o tratamento dos pacientes. 

Fazendo uma análise geral sobre o cilindro de gás, ele atua no armazenamento, transporte e utilização dos gases, fazendo com que seja indispensável adquiri-los apenas em empresas especializadas. Para realizar a checagem da qualidade, é fundamental analisar alguns pontos fundamentais, que serão descritos com mais detalhes no tópico a seguir. 

Especificações técnicas do cilindro de gás 

Como já citado, o cilindro de gás pode ser utilizado para armazenar diferentes tipos de insumos, o que pode envolver gases potencialmente perigosos. Assim, o primeiro detalhe que deve ser checado durante a aquisição é o material de confecção, que deve apresentar elevada resistência química e mecânica. 

Atualmente, é muito comum que os recipientes sejam confeccionados com aço, uma das principais matérias-primas industriais. Todavia, alguns compostos leves podem ser dispostos em cilindros de alumínio, desde que sigam todas as outras recomendações exigidas pelos órgãos vigentes. 

No Brasil, o cilindro de gás pode ser adquirido de acordo com o insumo que estará armazenando. Normalmente, ele costuma apresentar volume que vai de 3 litros até 50 litros, bem como pressão de trabalho que varia de 150 bares até 200 bares. Ademais, cada tipo de substância deve ser colocado em uma cor de recipiente. As principais são: 

  • Laranja: hélio;
  • Alumínio: CO2
  • Bordô: acetileno; 
  • Marrom: argônio; 
  • Cinza: nitrogênio; 
  • Amarelo: hidrogênio; 
  • Preto: oxigênio industrial; 
  • Verde: oxigênio medicinal. 

Além desses, também é comum encontrar os cilindros marrons com colarinho de alumínio, destinados para o armazenamento de misturas MIG, os cinzas com faixa verde, destinados para ar sintético, e os de cores distintas, utilizados para o armazenamento de gases especiais. 

Vale ressaltar que para se ajustar à lei, é obrigatório que a cor do cilindro seja compatível com o gás que está sendo armazenado. Caso o contrário, a empresa que conta com o produto poderá sofrer punições severas. Além disso, os modelos reutilizáveis precisam passar por vistorias para atestar sua eficiência. 

Quanto custa um cilindro de gás?

Levando em consideração as diferentes especificações técnicas destacadas, o preço do cilindro de gás não costuma ter um valor fixo, variando de acordo com insumo, capacidade, pressão, etc. Por isso, é de vital importância que a cotação aconteça em empresas experientes, que auxiliem durante todo o processo de aquisição. 

Com um amplo atendimento em São Paulo, receba orçamentos de serviços ou produtos dos principais fornecedores da sua região.

  • São Paulo
  • Ribeirão Pires
  • Guaianazes
  • Descalvado
  • Ribeirão Preto
  • Sorocaba
  • Sumaré
  • Mogi Mirim
  • São Caetano do Sul
  • Embu das Artes
  • Taubaté
  • São Vicente
  • Carapicuíba
  • Diadema
  • Santos
  • Mogi das Cruzes
  • São José do Rio Preto
  • Mauá
  • Ribeirão Preto
  • Sorocaba
  • Barueri
  • Campinas
  • Mauá
  • Guarulhos
  • Santo André
  • São Bernardo do Campo
  • Taboão da Serra
  • Valinhos
  • Jundiaí
Por |2021-10-21T17:32:08-03:00setembro 24th, 2021|Gáses|0 Comentários